Especial Mães

A bondade do Senhor

Imagen ilustrativa

Imagem ilustrativa

“Quanto amo a tua lei!” —Salmos 119:97

Por David Roper

Alguns anos atrás li uma peça literária escrita por Sir James Barrie, um barão inglês. Nesta, ele apresenta um retrato íntimo de sua mãe, que amava profundamente a Deus e Sua Palavra e que, literalmente, leu sua Bíblia até que esta ficou esfarrapada. “É minha agora”, Sir James escreveu. “E as linhas pretas com as quais ela a costurou, fazem parte do conteúdo.”

Minha mãe também amava a Palavra de Deus. Ela leu e nela meditou durante 60 anos ou mais. Guardo sua Bíblia numa estante em lugar de destaque. Essa também está bem rasgada e gasta. Cada página manchada, marcada com seus comentários e reflexões. Quando eu era menino, muitas vezes entrava em seu quarto pela manhã e a encontrava balançando sua Bíblia no colo mergulhando em suas palavras. Ela fez isso até o dia em que não podia mais ver as palavras na página. Mesmo nesta situação sua Bíblia era o livro mais precioso que possuía.

Quando a mãe de Sir James envelheceu, ela não podia mais ler as palavras de sua Bíblia. Mas seu esposo a colocava em suas mãos diariamente, e ela a segurava reverentemente.

O salmista escreveu: “Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel à minha boca” (119:103). Você já experimentou a bondade do Senhor? Abra sua Bíblia hoje.

Uma Bíblia bem lida é sinal de uma alma bem alimentada.

*Fonte: Devocional Pão Diário, gentilmente enviado ao site karinajornalista.com

Direitos autorais reservados. 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>